Roteiro de viagem detalhado por Lagos Plitvice – Croácia: 1 dia

Acho que quanto mais gostamos de um lugar, maior é o medo de escrever sobre ele.

Não conheço quase nada do mundo, mas passear pelos Lagos Plitvice foi uma daquelas experiências que a gente só vê em nossas timelines de Facebook ou documentários da BBC: indescritível!

chegada parque lagos plitvice
Logo depois da bilheteria você se depara com isso!

Já peço desculpas, porque com certeza não conseguirei passar a dimensão da obra-prima da natureza que são os Lagos Plitvice. Por isso, vou me ater aos detalhes técnicos do passeio, pois é nessa parte que costumamos ter mais dúvidas na hora de planejarmos nossa viagem.

Os Lagos Plitvice ficam dentro do Parque Nacional dos Lagos Plitvice (Plitvice Lakes National Park – Nacionalni park Plitvička jezera). É o maior parque nacional da Croácia e um dos mais antigos do sudeste da Europa, e é considerado patrimônio da Humanidade pela Unesco desde 1979.

 

Nossa experiência

Contratamos um day tour a partir do Hotel Esplanade. Nossa guia era a simpática Daniela, que já havia dado aulas de croata em Buenos Aires e conhecia o Brasil. Hoje ela é professora em uma universidade de Zagreb.

 

Custo do day tour (por pessoa):

  • 60 kunas na reserva (provavelmente comissão do Esplanade)
  • 260 kunas referentes ao transporte de ida e volta (Museu Mimara – Lagos Plitvice – Museu Mimara)
  • 200 kunas referentes ao passeio guiado (quem quisesse poderia fazer o passeio sem guia)
  • 110 kunas da entrada no parque (alta temporada – preços variam de acordo com a época do ano)
  • Total = 630 kunas = 84 euros (junho/2016)

 

Tempo de duração do nosso passeio:

  • 5 horas no parque (incluindo 45 min. para descanso e todos os transportes internos no parque) – 10 km percorridos
  • 2,5 horas Zagreb – Plitvice (incluindo parada no posto de gasolina) e 2 horas Plitvice – Zagreb

 

Informações relevantes:

  • Não pode entrar na água dos lagos;
  • Não pode andar fora das trilhas;
  • Não pode acampar, pescar, alimentar os peixes ou acender fogueiras;
  • O valor da entrada inclui os transportes internos: barco que cruza o lago maior e transporte terrestre do lago superior até a entrada 2 ou próximo à entrada 1;
  • É bem puxado fazer os 10 km em 5 horas: não há muito tempo para tirar fotos com calma;
  • Dependendo das condições climáticas, algumas áreas do parque podem estar fechadas (passarelas ficam inundadas);
  • Dá pra fazer o passeio sem guia? Até dá, mas precisa conhecer as passarelas (algumas te levam por um caminho que não percorre todos os lagos) e ter um bom controle de tempo para não atrasar o ônibus;
  • Descobrimos que tem guarda-volumes gratuito nas entradas dos parques! (O que pode te permitir fazer os Lagos entre Zagreb e outra cidade da Croácia).

Bom, agora vamos a algumas informações pesquisadas e experimentadas por nós.

 

Como chegar aos Lagos Plitvice de Zagreb

Day tour: Você pode contratar o day tour, como nós fizemos, e gastar cerca de 2 horas de ônibus. Nós ainda fizemos uma parada no meio do caminho para comprar lanches num posto de gasolina, pois a guia nos informou que dentro do parque os preços eram muito altos, e não havia restrição de entrar com alimentos.

Carro: Estradas E65 / E71 /D1, conforme o Google Maps. E tem pedágio. Pelo que li neste site, a locação de um carro (250-300 kunas), gasolina (200-300 kunas) e pedágio (40 kunas) já totalizariam 640 kunas, pensando no máximo de despesas (isso se o site estiver apresentando cotações atualizadas). Caso você divida este custo por 2 pessoas, já chegamos em 320 kunas (o mesmo valor que gastamos para o day tour sem guia). Então vale a pena fazer as contas e pesar o conforto. Prestem atenção: a entrada do Parque Nacional dos Lagos Plitvice fica de um lado da estrada, e o estacionamento do lado oposto.

Ônibus: Do terminal de ônibus de Zagreb saem ônibus para Plitvice. Eles param na frente da entrada 1 (Ulaz 1 em croata). Pelo que pesquisei, os preços saem por volta de 80 a 105 kunas (cada trajeto) e o tempo de viagem é o mesmo (2,5 horas). É possível comprar online no site da própria rodoviária, e para a alta temporada é recomendável a compra antecipada.

Alternativas: Ainda é possível sair de Zagreb, visitar Plitvice, e seguir viagem rumo ao sul. Até pensei em fazer isso, mas fiquei com medo de não ter guarda-volumes (já que o site oficial não fala sobre este serviço), mas parece que outras pessoas já tiveram essa ideia e deixaram as malas no centro turístico. Resolvemos investigar para escrever o post e enviamos um e-mail para a administração do parque, e eles confirmaram que há um guarda-volumes gratuito! O e-mail refere-se a “luggage rooms free of charge“, portanto acredito que não seja necessário levar seu próprio cadeado (senão seriam “locker rooms”). E há 3 pontos deles no parque: Entrada 1, Entrada 2 e ST2 (é o ponto de parada do trem panorâmico interno que fica próximo à entrada 2).

Também é possível fazer o passeio de Plitvice a partir de outras cidades da Croácia. Neste site você pode conhecer algumas alternativas, mas como falamos no nosso post sobre Zagreb, a capital da Croácia nos pareceu mais conveniente.

 

O que são os Lagos Plitvice

Lagos Plitvice são uma sequência de 16 lagos e 300 pequenas cachoeiras que ocupam cerca de 2 km quadrados e descem de uma altitude de 636 m para 503 m. Há uma série de passarelas entre os lagos (e à beira deles), e cachoeiras que te permitem ver bem de perto as belezas dessa maravilha da natureza.

Para trechos maiores (como cruzar o maior lago do parque) ou voltar do último lago para o primeiro, há meios de transporte: barco e trem panorâmico respectivamente. Tudo gratuito, já incluso no preço do ingresso do parque.

balsa lagos plitvice
Barco interno faz o transporte no Lago Kozjak
panoramic transport plitvice
Trem/ônibus panorâmico faz o transporte do último lago ao portão da Entrada 1

 

 

Por que os Lagos Plitvice são considerados incríveis

  • A sequência dos 16 lagos e das 300 pequenas cachoeiras em si já enchem os olhos;
  • Os lagos se dividem em Lagos Superiores (“Upper Lakes”) e Lagos Inferiores (“Lower Lakes”):

 

  •  Lagos Superiores: 12 lagos menores, muitos deles paralelos uns aos outros, com fluxos de água relativamente rasos e formação do leito predominantemente de dolomita;

 

  • Lagos Inferiores: 4 grandes lagos, em formato de canyon, com formação do leito de rocha calcária (rocha mais compacta e massiva, e permeável à água);
  • Variação de cores das águas devido à porosidade das rochas do leito, iluminação do sol e minerais presentes nas águas;
  • Os lagos são formados por uma combinação de processos: desgaste físico das rochas calcárias, processos químicos que deixam a água rica em bicarbonato de cálcio, e finalmente sedimentação de uma forma única que só acontece lá, com formação de tufa graças à flora de algas e bactérias nas águas dos lagos;

 

  • Devido a todos esses fenômenos naturais, os Lagos Plitvice mudam de formato todos os anos, algumas cachoeiras secam e outras se formam, num processo contínuo.

 

Entrada dos Lagos Plitvice

duas entradas possíveis no Parque Nacional dos Lagos Plitvice: Entrada 1 e Entrada 2. No Google Maps, apenas a Entrada 1 está sinalizada. A Entrada 2 é próxima ao Hotel Jezero. Em ambas as entradas há bolsões de estacionamento do lado oposto da estrada (custo do estacionamento disponível na tabela de ingressos do parque).

O ingresso possui um mapa que você vê abaixo.

ticket plitvice map.JPG
Ingresso para o Parque Nacional dos Lagos Plitvice na Croácia: mapa com indicações e trilhas

 

Dentro dos Lagos Plitvice – Trilha e passeio

Diversas trilhas podem ser feitas: o site do Parque Nacional dos Lagos Plitvice tem diversas opções. Aliás, já adiantamos: não é possível conhecer o parque todo em um dia (há até ingressos para 2 dias), e muita gente vai para conhecer apenas os lagos em si, que foi o nosso caso.

Aqui eu vou mostrar a trilha que nós fizemos para conhecer apenas os Lagos Plitvice, a qual nos pareceu bem legal e completa. O único problema do nosso passeio foi o pouco tempo que tivemos para tirar fotos e explorar cada cachoeira, mas em termos de trajeto, acredito que seja bem satisfatório.

Como o post ficou muito trabalhoso, postarei as fotos dos mapas com a trilha em breve.

 

 

Saída dos Lagos Plitvice

Terminamos o passeio no ponto ST3. Lá pegamos o trem panorâmico, e descemos no ponto ST2, próximo à Entrada 2 (menos tumultuada para o embarque no ônibus do que a Entrada 1).

Quem estaciona na Entrada 1 deve prosseguir no trem panorâmico até o ST1 e caminhar um pouco até a Entrada 1.

Na Entrada 2 ainda há uma lanchonete e ponto de descanso, e o guarda-volume que comentamos no post.

 

 

Sinceramente, acho que os Lagos Plitvice são um passeio obrigatório para quem vai à Croácia. Nenhuma foto que você ver pode substituir o impacto dessa formação da natureza vista com seus próprios olhos.

É importante estar preparado para filas de pessoas. Tamanho fenômeno da natureza não poderia ser ignorado pelo público, especialmente na alta temporada, quando o sol deixa tudo mais bonito e as passarelas bem acessíveis.

Quem chegou até aqui, venha conosco para nosso próximo destino: Pula!

Para quem ainda quer mais um pouquinho de Lagos Plitvice, segue o vídeo do site oficial do Parque Nacional dos Lagos Plitvice.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: