E se a gente fosse… visitar o maior sítio arqueológico de Neandertais do mundo?

E adivinhem? Ele fica na Croácia!

Já que estamos na onda da Croácia e o site ama esse país, vamos unir o útil ao agradável: E se a gente fosse… visitar o maior sítio arqueológico de neandertais?

A ideia era escrever sobre cavernas, já que não me conformava de não ter visitado Grapčeva, em Hvar, onde foram encontrados indícios de ocupação pré-histórica. Comecei a pesquisa, e até aí… puxa vida, perdemos essa de Hvar. Parecia ser o máximo. Logo mais, lendo o material que trouxe da viagem, vi que tinha mais uma em Vis (Kraljičina), e aí resolvi começar a pesquisar de verdade… e achei 26 cavernas mapeadas na Croácia que tiveram ocupação no período pré-histórico. Detalhe: não mapearam dessa de Vis…

Não teríamos condições de falar sobre 27 cavernas em um artigo só, (e você achando que a Croácia só tinha praia bonita, hein?) portanto, estava selecionando as mais interessantes… quando encontrei a informação de que em Krapina, na Croácia, foi encontrada a maior concentração de fósseis de neandertais do mundo!

krapina neanderthal.png
Krapina C: Crânio de Neandertal encontrado em Krapina – Croácia

 

 

Maior sítio arqueológico de neandertais do MUNDO

Krapina é a capital do condado de Krapina-Zagorje, ao norte da Croácia. Para quem está em Zagreb (55 km), basta pegar um ônibus no terminal rodoviário e em 1 hora você chega.

mapa neandertais.jpgO mapa foi retirado daqui.

As escavações começaram em 1899 e foram até 1905, lideradas pelo professor e paleontólogo croata Dragutin Gorjanović-Kramberger.

O que faz de Krapina único no mundo?

  • Foi encontrada a maior e mais abundante concentração de ossos humanos fossilizados do mundo: 876 ossos com idade estimada entre de 130.000 a 50.000 anos atrás;
  • Variedade de humanos: homens e mulheres entre 2 e 40 anos de idade;
  • Catalogados 279 dentes;
  • Também descobriram uma grande variedade de ossos de animais do período Pleistoceno como: urso das cavernas, rinoceronte de Merck, auroque (espécie de bovino extinto em 1627), alce gigante e muitos outros;
  • Mais de mil pedaços de ferramentas de pedra foram descobertos;
  • Alguns estudiosos, a partir de material escavado em Krapina, chegaram à conclusão que os neandertais já tinham um senso estético a ponto de desenvolver ornamentos com o intuito de serem usados como jóias;
  • Como os ossos estavam muito fragmentados, suspeita-se de canibalismo ou pisoteamento por animais;
  • Ainda acredita-se que, devido à alta concentração de ossos encontrados e indícios de cinzas, o local possa ter sido usado como um local para rituais para os mortos (dizem que os neandertais possuíam uma cultura diferente da do Homo sapiens, que só desenvolveu isso anos mais tarde).
fossil krapina
Foto de Jakov Radovčić: uma amostra de ossos fossilizados retirados de Krapina

Fonte da foto acima.

A cidade de Krapina aproveitou a relevância histórica dos descobrimentos e hoje possui o Krapina Neanderthal Museum, e toda a área das descobertas está sinalizada com placas e estátuas.

 

 

Bom, já que estamos aqui, por que não aproveitar e conhecer também outro local que teve um papel crucial para desvendar os enigmas dos neandertais?

 

 

Caverna Vindija em Donja Voća

Olha a Croácia marcando território na arqueologia mundial de novo!

A caverna fica no condado de Varaždin, e está a cerca de 39km de Krapina (ou 95km de Zagreb). Foi aqui que encontraram três ossos de fêmures femininos com resquícios de DNA, que contribuíram enormemente para o projeto do Genoma do Neandertal.

Encontrar material genético dos Neandertais é extremamente raro (foram encontrados apenas na Croácia, Espanha, Alemanha e Rússia), e só recentemente desenvolveram uma técnica que permite coletar e identificar DNA de amostras sedimentares de locais sem presença de ossos, mas onde comprovadamente (através de objetos e outros indícios) houve ocupação humana, sendo isto considerado um dos grandes avanços da paleontologia!

Em Vindija não só encontraram material genético, como encontraram em 3 ossos! Essa descoberta foi fundamental para terminar o mapeamento do genoma Neandertal. Juntamente com estudos de DNA mitocondrial, foi possível determinar a relação entre nós, os neandertais e os denisovanos, outra espécie humana descoberta na Sibéria.

Fotos da caverna de Vindija retiradas deste site.

 

vindija neandertal bones

Foto dos ossos de Neandertal retirada deste site.

 

De volta ao roteiro pela Croácia (pois ir só para Zagreb é quase um desperdício), sua próxima parada é Pula, a maior cidade da Ístria. Será que lá também dá para encaixar uma volta ao passado?

 

 

Arquipélago de Brijuni, na Ístria

Quem quiser realmente ver pegadas de dinossauros até não poder mais, deve ir a Pula, pegar um ônibus para Fažana e de lá um ferry boat para Brijuni. O arquipélago de Brijuni reúne diversos tipos de pegadas, e poderá satisfazer até aos mais críticos (já aviso para que não fiquem decepcionados com o que vão ver em Hvar… hehehe)

Brijuni é um arquipélago formado por 14 ilhas, e é mais conhecido por ter sido residência de verão do marechal Tito. Hoje é um parque nacional com hotéis, restaurantes e um zoológico (muitos dos animais foram doados por chefes de estado ao antigo ditador).

Em Brijuni são mais de 200 pegadas de dinossauros do período Cretáceo! Pra quem gostou do vídeo acima, há um mais longo (e menos interessante) aqui.

Bom, hora de rumar para o sul e finalmente chegar à Dalmácia. Você está lá curtindo uma praia em Hvar, e de repente se depara com umas marcas estranhas no chão…

 

 

Praia de Žukova em Hvar

Hvar nem é tão relevante assim em termos de pegadas de dinossauros (quem parou em Brijuni que o diga), mas como Pula costuma ser ignorada no roteiro de muitos turistas, Hvar com certeza não será! A ilha de Hvar é o meio do caminho entre Split e Dubrovnik. Aqui a dica é mais para aproveitar sua viagem a Hvar mesmo, sem perder o gostinho de Jurassic Park, caso esse seja seu hobby.

Em 2005, uma expedição bancada pela National Geographic identificou as pegadas de saurópodes, provavelmente titanossauros, nas proximidades de Stari Grad e Jelsa. Pelas fotos já fica difícil enxergar algo, imagina no local? Lendo um super estudo sobre essas pegadas, o local exato seria na enseada de Žukova, precisamente neste ponto (o Google Maps aponta o meio da água, mas é o que as indicações do GPS mostram).

Fotos retiradas deste site e do estudo citado acima.

Os titanossauros podiam chegar a 40 metros de comprimento, 20 metros de altura e pesar até 100 toneladas. Tudo indica que as pegadas de Hvar eram de 2 animais, e dão fortes indícios de que a Ilha de Hvar fazia parte de um continente maior – afinal, fósseis e vestígios de titanossauros foram encontrados na Argentina em 2014, no vale dos dinossauros na Paraíba, no deserto de GobiAustrália e Itália.

da titanossauro.jpg
Sir David Attenborough (1,78m) vs. osso da coxa do Titanossauro (2,43m)

Foto retirada desta reportagem.

Para quem está do outro lado da ilha e está no espírito Indiana Jones, vale a pena conhecer a espetacular caverna que ilustra a capa deste post.

 

 

Grapčeva, Hvar

Esta aqui é fácil de achar e visualizar. Localizado na Ilha de Hvar, perto do vilarejo histórico de Humac (onde você consegue um guia para lhe conduzir até o local – há sinalização para a caverna, mas encontrei referências de que só é permitida a entrada guiada), a caverna de Grapčeva representa os primeiros indícios de população no mar Adriático.

grapceva chamber cave.jpg
Grapčeva: ocupação documentada desde o período Neolítico até a Idade do Bronze

 

Grapčeva foi ocupada em diversos períodos, do Neolítico até a Idade do Bronze, tendo sido encontrados vestígios de cerâmica cardial e fragmentos no estilo da cultura de Danilo, e até ossos humanos e outros fragmentos. Infelizmente, não há nenhuma ossada completa, e estima-se que tenham sido pelo menos 7 indivíduos de diferentes idades, dos quais apenas uma comprovadamente feminina.

Fotos retiradas do site “Filming in Croatia” (que eu amei, porque você vê todos os locais interessantes para serem usados como locação, bem como todos os filmes que foram rodados na Croácia!)

O site oficial afirma serem duas câmaras: uma menor (13,5m x 5m) e outra maior (22m x 23m). Já este site aponta ser uma pequena entrada, e apenas uma câmara de 25 m de largura x 22 m de comprimento x 5 m de altura.

Pra quem se perdeu e está seguindo nosso roteiro de 12 dias pela Croácia, segue o mapa do nosso roteiro com as adições à la Jurassic Park!

 

roteiro dinossauro croacia.png
Segue nosso roteiro de viagem pela Croácia, agora com a inclusão dos Neandertais e dinossauros!

2 comentários em “E se a gente fosse… visitar o maior sítio arqueológico de Neandertais do mundo?

  1. Boa tarde, adorei suas dicas para visitar a Croácia. Pretendo visitar a Caverna Vindija, porém não encontrei nenhuma informação de como visitá-la, preço de ingresso, horário, etc… Você poderia me dar umas dicas? Agradeço. Um abraço.

    Curtir

    1. Bom dia Adriana,
      Pelo que pesquisei, não há uma organização formal de visitação em relação à caverna de Vindija.
      O munícipio de Donja Voca (o mais próximo da caverna dentro do condado de Varazdin) anunciou que há planos para colocar a caverna nos mapas de trilhas para turistas (1), mas não encontrei nenhuma atualização sobre isso. Notícia de agosto de 2010 do próprio município informava que até o final daquele mês seriam finalizadas as obras de fechamento da entrada da caverna para maior proteção do local (2). (é possível encontrar fotos do local com uma espécie de tela aramada (3)). Há também o relato em 2013 de uma pessoa que visitou a caverna, mas não sabemos quado a visita ocorreu, visto que, pela descrição, a pessoa entrou na caverna.(4)
      O departamento de turismo do condado de Varazdin indica que o material coletado da caverna de Vindija e de Velika (ou Mačkova) está exposto no Varaždin City Museum (5 – pag 10 e 11).

      No site de preservação de áreas do condado de Varazdin, encontrei algo que me pareceu o mais promissor de tudo: um folder em pdf com várias informações sobre a caverna, inclusive uma das fotos mostra a porta da tela aramada aberta com uma pessoa entrando. E parece ser bem atualizado! A má notícia: está escrito em croata e não encontrei nada traduzido para o inglês…. https://priroda-vz.hr/wp-content/uploads/2017/12/Vindija.pdf

      Se você conseguir visitar, conte pra nós!
      Se encontrar algo mais, volto a te responder.
      Obrigada por visitar o site!

      (1): http://www.voca.hr/sadrzaj/pregled/spilja-vindija/682
      (2): http://www.voca.hr/sadrzaj/pregled/spilja_vindija/499
      (3): https://priroda-vz.hr/podrucja/spilja-vindija/
      (4): https://www.intltravelnews.com/2013/08/natural-caves-worth-visiting
      (5): http://www.turizam-vzz.hr/en/repository/public/engleski/brosure-en/put-kroz-vrijeme-en.pdf

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: