Pula a Split: nossa aventura num hidroavião

Para fecharmos o ano de 2016, escolhemos um post diferente… Não vamos falar sobre nenhuma cidade e sim, contar um pouquinho sobre uma aventura. E que aventura!

Agora com o fim de ano vamos parar um pouquinho para curtir a família e voltaremos em 2017 com mais um pouco de Croácia, um pouco de Las Vegas e muito Reino Unido! Durante o período de férias, voltaremos a publicar alguns posts lá do comecinho do blog mais voltados para planejamento de viagem. Bom, vamos ao post!

Durante o planejamento de nosso roteiro de viagem pela Croácia, chegamos a um impasse: como fazer o trajeto Pula a Split sem carro?

Nossa ideia não era locar um carro, pois a viagem possuía muitos trechos em que o carro não seria muito útil, como Hvar e a cidade velha de Dubrovnik. Mas esse trajeto Pula – Split possuía muitas referências de que a estrada era agradável, que a costa era bonita de se ver, coisas assim.

Seriam 520 km num país que não conhecíamos e provavelmente mais de 5 horas caso fizéssemos pelo caminho mais rápido, ou quase 6 horas se optássemos pela costa (450km, o que indica estradas menores e mais difíceis para dirigir). Nestes casos, sempre consulto um site chamado Rome2Rio que mostra as principais rotas e meios de transporte entre dois pontos, além de valor estimado e tempo de duração. O site indicava um voo entre Pula e Split de 50 minutos!

 

Sendo tempo um ativo valioso numa viagem, optamos pela compra da passagem aérea. Nunca tinha ouvido falar da European Coastal Airlines e imaginei que seria uma low cost da vida. Era maio de 2016 e não tivemos problema em comprar um voo Pula a Split para o mês de junho/2016.

Cada passagem custou 900 kunas (120 euros – 480 reais – junho/2016) e foram adquiridas pelo site da European Coastal Airlines 1,5 mês antes da viagem. Em determinados períodos do ano (por exemplo, no mês de outubro), o site não disponibiliza passagens. Compramos em maio para voar em junho. Você entende um pouco sobre a Croácia “fechar” fora das temporadas no post “Modo de vida e costumes: curiosidades sobre a Croácia e os croatas”.

Bom, primeiro lembrete: Pula Downtown que está sinalizado na passagem não é o aeroporto da cidade de Pula. Nós gastamos 250 kunas (150 kunas para ir e 100 kunas para voltar) só porque não tínhamos essa informação e porque não sabíamos que era um hidroavião… 😛

Pula Downtown significa centro de Pula. Mas no mapa você não vai localizar um aeroporto e nenhuma indicação da European Coastal Airlines, pois é uma atividade sazonal e privada. No nosso mapa está indicado com um avião no meio da água.

O check in é feito numa espécie de quiosque que fica à beira mar (perto da praça do Forum, caso você esteja andando por dentro da cidade e não seguindo pela Riva). Lá eles vão pesar a sua mala: são 15 kg por passageiro. Éramos um casal com uma mala de 23 kg e não tivemos problemas. Mas aviso que malas muito grandes mal caberiam no bagageiro do avião (não tenho certeza se uma de 32 kg passaria pela porta…). Malas pesadas, documentos conferidos, era só aguardar o avião.

Um grupo de crianças italianas também chegou para aguardar o pouso do hidroavião. Uma passageira nos abordou perguntando se já havíamos feito isso antes… pelo visto o nervosismo não era só nosso. Para quem esperava voar numa companhia low cost, aquilo era bem diferente… hehehe. A chegada do hidroavião atrasou devido ao mau tempo: apesar do céu azul e limpo,  muito vento atrapalha.

Dentro do hidroavião são 2 fileiras. A que fica do lado direito possui duas cadeiras apertadas e a do lado esquerdo apenas uma cadeira. Os passageiros correram para embarcar e quando entramos todas as poltronas do lado esquerdo estavam ocupadas. Como desceríamos rumo ao sul da Croácia, o lado esquerdo (uma palhinha desta vista aqui) pegaria a costa dalmaciana, enquanto o lado direito pegaria o oceano. Como a gente não sabia nada e nem tinha pensado muito, ficamos contentes em pegar as duas poltronas mais próximas dos pilotos do lado direito do avião. Isso nos permitiu acompanhar o movimento dos pilotos bem de perto. Vejam as divertidas instruções de bordo:

O hidroavião ainda parou no aeroporto de Lošinj para abastecer antes de seguirmos para Split.

Mesmo do lado direito do avião aproveitamos muitíssimo a vista. É um mar de ilhas com águas azuis e muitos vestígios do sistema de plantação por terraços. Passei o voo filmando porque era inacreditável que pudéssemos viver uma experiência como essa sem ter nenhuma expectativa!

Não éramos os únicos apavorados em voar num hidroavião. Uma senhora nos abordou antes mesmo do embarque perguntando se já havíamos feito isso antes. Quando chegamos em Split ela não conseguiu descer do avião de tão nervosa que ficou durante o voo.

Para aqueles que tem a oportunidade de visitar a Croácia, eu recomendaria fortemente este passeio. Foi quase tão fantástico quanto visitar os lagos Plitvice. Uma experiência digna de “bucket list” ou “coisas para se fazer antes de morrer”.

Resumo:

Quem: European Coastal airlines

Origem: Pula – Croácia

Destino: Split – Croácia

Custo: 480 reais por pessoa

Quando: junho/2016

Resultado: uma das melhores experiências vividas em viagens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: