Roteiro para Londres para um casal com filhos

Primeira coisa: não vai dar para ver tudo. A cidade é uma megalópole de um país super desenvolvido, portanto, oferece milhares de passeios para todos os gostos. Seriam precisos muitos dias para considerar a cidade explorada. Aliás, há aquele ditado: quando um homem está cansado de Londres é porque ele está cansado da vida.

Aqui vou destacar alguns passeios que achei bastante interessante para adultos e crianças.

Troca da guarda: É difícil pensar em Londres e não pensar na rainha e em seu palácio. Durante os meses de agosto e setembro você pode até fazer o passeio por dentro Palácio de Buckingham. Mas o bacana para fazer com crianças é assistir a troca da guarda. Ela acontece às 11:30h no palácio de Buckingham, mas é preciso chegar cedo para ter uma boa visão. As 11h os guardas saem do palácio de St James e caminham em direção ao palácio de Buckingham pelo caminho chamado “the Mall”, enquanto isso, os guardas do palácio de Buckingham saem e a troca é feita. Um bom ponto de visão é em frente ao monumento dedicado a rainha Victoria (você tem uma visão de cima). Não esqueça de checar o calendário pois em alguns meses do ano, a troca acontece em dias alternados. https://www.royalcollection.org.uk/visit/buckinghampalace/what-to-see-and-do/changing-the-guard

 

Sea Life: se você já foi a um aquário dos Estados unidos, diminua suas expectativas. Não haverá shows ou espetáculos de animais adestrados. Mas o aquário de Londres oferece um espetáculo para os olhos! O tanque central é impressionante! Com cabeças de moais, arraias, peixe e tubarões dá pra ficar lá um bom tempo assistindo. É mais fácil tirar fotos no segundo andar do tanque (menos disputado). Neste aquário também tem um túnel de vidro onde você vê os peixes passando por cima da sua cabeça. Outra diversão para as crianças é uma cabine de vento que simula a velocidade do vento durante furacões. O local não conta com refeitórios ou lanchonetes, portanto, chegue alimentado. Perto do Londoneye e da feirinha de comida. https://www2.visitsealife.com/London/

London Eye: um dos símbolos da cidade! A volta completa leva 30 minutos. As cabines são enormes e tem até lugar para sentar. Atenção para quando a volta está terminando. No momento da descida, existe uma câmera presa à estrutura externa da roda gigante que fotografa a cabine. Se você estiver posicionado no local indicado (olhe para o chão, há uma marca), sua foto sai bastante nítida. Depois é só adquiri-la na saída do passeio. https://www.londoneye.com/

Shrek Adventure: Quando fui não tinha, mas parece ser bem legal. É uma atração com os desenhos da Dreamworks como Shrek, Madagascar e Kung Fu Panda. Pelo que li, o ônibus 4D é muito legal. É vendido num pacote de ingressos do London Eye, Sea Life e Madame Tussauds. https://www.shreksadventure.com/london/

Feirinha de comida de pequenos produtores: A feirinha é montada de sexta a domingo no Southbank centre (um local de eventos) e fica exatamente a 5 minutos a pé do London Eye. Várias comidinhas gostosas e com uma pegada mais orgânica, de pequenos produtores. Tem queijo, embutidos, hambúrguer, churros e umas comidas árabes. http://www.southbankcentre.co.uk/whatson/festivals-series/markets

Madame Tussauds: Aqui fomos mais porque o ingresso do Sea Life+ London Eye + madame Tussauds tinha desconto. Museu de cera com pessoas famosas, é até legalzinho. Tem um trenzinho durante uma parte do passeio e um filme 3D bem legal. As crianças devem aproveitar bastante. Adicionaram também uma atração chamada Star Wars, acessível após o cinema 4D.  Melhor ir no final do dia porque é mais vazio. Vocês precisarão de cerca de 2 horas para o passeio completo. Verifique sempre o horário de funcionamento pois eles costumam sediar eventos e nestes casos fechar mais cedo.   https://www.madametussauds.co.uk/london/en/plan-your-visit/opening-times/

Museus: aqui vocês vão ter que selecionar. Tem muita coisa e muita coisa legal. Teria que ver com as crianças e com os adultos se eles gostam desse tipo de passeio. Vou comentar sobre os que eu fui e porque gostei.

Museu de história natural: Não sei nem o que falar de tanto que gostei dele. Já fui no museu de história natural de NY, de Chicago, mas aqui a arquitetura é única! Preste atenção nas paredes, nos arcos, nas escadarias e até no “ovo” gigante que é o prédio dedicado a Darwin. E a escada rolante que leva você até a sessão que fala sobre vulcões e pedras!? A sequoia gigante é um clássico, sem falar no esqueleto de dinossauro que ocupa o vão central do edifício. Enfim, dá pra ficar o dia inteirinho aqui. A loja Harrods fica a 1 km do museu. http://www.nhm.ac.uk/

 

British museum: Fomos até lá porque havia duas exposições exclusivas e temporárias: múmias e dinastia Ming. Muitos museus contam com exposições pagas (e te digo que vale muito a pena pagar pois costumam ser coisas que nunca veremos no Brasil e com muita dificuldade, outro museu conseguirá formar essa exposição específica novamente). Esse museu também é belíssimo (o teto dele é clássico) e conta com algo que provavelmente as crianças já ouviram falar: a pedra de Rosetta que foi fundamental para decifrar os hieróglifos. É muito bacana ver algo que só se vê em fotos e livros de história. A exposição que terá em outubro de 2016 é o do Egito submerso, sobre cidades antigas do Egito que hoje se encontram submersas. Aí é de vocês verem se vale a pena (16,5 libras por pessoa – crianças abaixo de 16 anos não pagam). Fica muito perto da Oxford street e a 1 km da Primark da Oxford street. http://www.britishmuseumshoponline.org/

museu britanico teto
Museu Britânico

Estação de trem King’s Cross: Para os fãs de Harry Potter, este é um lugar obrigatório! Vocês verão um balcão grande onde se vende passagens e na sequencia fica a parede de tijolinhos a vista com um carrinho cheio de malas enfiado na parede. Fotógrafo e assistente ficam posicionados para tirar uma foto sua com cachecol do filme e, se vocês quiserem, depois pode passar na lojinha e comprar a foto (ou vocês mesmas podem tirar a foto com o celular caso prefiram). Mesmo para quem não vai comprar a foto, vale a pena dar uma passada na lojinha do Harry Potter para ver todos os itens a venda.

Oxford Street: essa é a rua das lojinhas! Muitas lojinhas maravilhosas! Recomendo a Primark porque as roupas são baratíssimas (adoro a sessão de pijamas para homens: pijamas grossos, de qualidade por 7 libras!), a Ben’s cookies (cookies quentinhos e maravilhosos) e para um chocolate de qualidade, não deixe de visitar a Charbonnel & Walker (nós viciamos no chocolate com caramelo e flor de sal – Milk sea salt caramel thins)  http://timeoutcdn.s3.amazonaws.com/bestshopping/oxfordstreet_fullpage.pdf

Harrods: pensou em luxo, pensou em Harrods. Precisa tomar cuidado nessa loja… uma blusinha pode chegar a preços inimagináveis para nós. A sessão de comida é o paraíso (Food’s court): você encontra de tudo! Se chegar no final do dia, os sanduiches e comidas prontas estão pela metade do preço (e mesmo a metade é um preço razoável para nós). Acho que vale a pena conhecer! A noite o prédio ganha uma iluminação lindíssima! http://www.harrods.com/

harrods londres noite
Harrods vista à noite

The bull and last: lembro da carne que comi lá até hoje! Restaurante relativamente caro (digo isso porque comemos bem e bastante e por isso acabou ficando mais caro mesmo – 90 libras por pessoa). Dizem que o sorvete artesanal é imperdível, mas não chegamos ao final da refeição com espaço para prova-lo.  http://thebullandlast.co.uk/

The narrow: queríamos comer em um restaurante do Gordon Ramsey e acabamos escolhendo esse. Comida muito boa numa área muito agradável: perto do rio Tâmisa. Se chegar muito tarde (fomos jantar) corre o risco de ficar sem os pratos mais populares como o “Sunday roast”. https://www.gordonramsayrestaurants.com/the-narrow/

Bônus: As visitas ao Palácio de Buckingham podem parecer monótonas, mas é bastante interessante ver o capricho de seus aposentos e os presentes recebidos pela realeza britânica (de obras de arte a móveis ricamente trabalhados e de todos os cantos do mundo). É verdade que não se pode visitar a totalidade do Palácio, mas a parte que se vê é de cair o queixo: muito opulência, luxo e um vislumbre da vida que leva uma verdadeira rainha.

Outro ponto que parece ser bastante interessante é um centro de arte chamado Barbican (https://www.barbican.org.uk/). Dá para emendar com a catedral de St Paul (20 minutos a pé) e a Ponte de Londres (London Bridge).

Para quem tem um dia inteiro, vale a pena ler sobre Kew Gardens, considerados patrimônios da humanidade pela Unesco em 2003.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: